Ô Glória

G Gennius

Compositor: G Gennius

"Glória a Deus, glória ao pai, glória a mãe
Glória a mim, glória a você, vamos brindar
O dia de hoje que o amanhã só pertence a Deus"

Bom dia pra você um bom dia começa
Acordo cedo levanto pro trabalho eu tenho pressa
Mais uma semana de trabalho
Mais uma semana que eu batalho
E batalho todo santo dia agradeço ao senhor
Por a alegria do novo dia cheio de amor
Pelo amor, oh gloria minha benção
É chegar em casa e olhar a televisão

A geladeira, o sofá e a cama
E a minha mina de fé dizendo que me ama
Saber que tudo isso foi fruto do meu esforço
Nada de dinheiro emprestado nem de troco
Apenas a dedicação e empenho
Deus agradeço por tudo que tenho
Apenas pela vida que o senhor me concede
Dia após dia mais a gente cresce

E eu digo ô gloria
Com lápis e papel eu escrevo a minha história
E eu digo ô gloria
Um dia após o outro em busca da vitória
E eu digo ô gloria
Nunca deixe pra depois o que pode ser feito agora
Sem demora, faço minha história
Em busca da vitória, ô gloria

Gloria a Deus, glória a mãe, gloria ao pai
Que me educou daquele jeito pra ser um maluco do caraí
E do caraí eu sou mesmo
Quando eu chego tumulto eu meto
Mostro a que eu vim, de onde eu sou
Mostro que minha luta não tem fim, além de um sonhador
Eu sou o gênio da lâmpada que realiza desejo
Pois pra ter o que quero dependo só de mim mesmo
Corro atrás de tudo que quero ter na vida
A minha fé é combustível de partida
Acelero e disparo pra linha de chegada
Um pouco de esforço não mata, não custa nada
Você abrir mão de algo pra ter outra melhor
Nunca esqueça que a vida não da ponto sem nó
Então amarra logo esse cadarço
E pisa no acelerador que o inimigo ta logo ao lado

E eu digo ô gloria
Com lápis e papel eu escrevo a minha história
E eu digo ô gloria
Um dia após o outro em busca da vitória
E eu digo ô gloria
Nunca deixe pra depois o que pode ser feito agora
Sem demora, faço minha história
Em busca da vitória, ô gloria

Venta lá venta cá e sacode o coco
Balança a estrutura nesse som cabuloso
Reflexão, pensamento positivo
Vamos lá você consegue porra quero otimismo
De má fé o mundo já tem de monte
Só inveja e maldade nos carne podre
Aqueles que só pensam em comer e dormir
E quando te vêem levantar, te fazem cair

Mas eu caio, e levanto como uma mola
Eu sou o treinador, você que tem que correr atrás da bola
Pra fazer o gol, se quiser empatar o jogo
Pra mim já ta ganho, mas se você quer fizemos tudo de novo
Uma duas três quatro até cinco vezes
Não tem problema, pode levar meses
A vitoria demora a chegar mas ela chega
Só ter paciência pra se ter o que espera

E eu digo ô gloria
Com lápis e papel eu escrevo a minha história
E eu digo ô gloria
Um dia após o outro em busca da vitória
E eu digo ô gloria
Nunca deixe pra depois o que pode ser feito agora
Sem demora, faço minha história
Em busca da vitória, ô gloria

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital